Formação de Professores em Geografia: Reflexões e Indagações sobre Educação Integral, Organização Curricular por Áreas do Conhecimento e Diversidade

Willian Simões

Resumo


O presente texto tem como objetivo geral apresentar o resultado de reflexões e um conjunto de indagações a respeito da formação inicial e continuada de professores de Geografia. Procura-se dialogar com diferentes autores, para discutir o papel do ensino da Geografia e problematizar a formação de professores, em um cenário atual marcado por diferentes tensões no campo político das políticas públicas educacionais no Brasil. Três grandes temáticas se fazem presentes: a educação integral, a organização do currículo da Educação Básica por Áreas do Conhecimento e o atendimento às diversidades. Entendemos que estas questões interferem no tratamento/trabalho com os conteúdos/conhecimentos escolares (ao que ensinar, como e porquê), na postura de ser professor de Geografia na Educação Básica, o papel dos conhecimentos geográficos na formação dos estudantes ou para onde caminhará a Geografia nos currículos escolares. Procura-se tratar como estes temas têm aparecido nas atuais Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Básica, objetivando problematizar velhos-novos desafios para o ensino da Geografia na atualidade, o lugar dos conhecimentos geográficos em um contexto em que se discute reformas da Base Nacional Comum e a garantia de direitos educacionais. Reforça-se o compromisso com uma compreensão crítica de ensino e de formação de professores de Geografia.

 


Palavras-chave


Formação de Professores; Ensino da Geografia; Educação Integral; Áreas do Conhecimento; Diversidade.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 PESQUISAR – Revista de Estudos e Pesquisas em Ensino de Geografia



Pesquisar - Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSN 2359-1870