Fontes de dados demográficos e estudos de população em Santa Catarina

Luís Felipe Aires Magalhães

Resumo


As fontes de dados demográficos são importantes instrumentos para a pesquisa, análise e promoção de políticas públicas, contribuindo para o entendimento de nossa realidade social. O domínio destas fontes passa pelo entendimento, inicialmente, da natureza dos dados (se eles são dados de fluxo ou de estoque), e depois de sua disponibilidade, regularidade, cobertura territorial e problemas de enumeração. Neste artigo, analisaremos detidamente quatro fontes de dados demográficos: o Censo Demográfico, o Registro Civil, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) e a Pesquisa de Orçamento Familias (POF), expondo, de um lado, as possibilidades de levantamento de alguns dados e avaliando, de outro lado, suas vantagens, desvantagens e, especialmente, sua cobertura territorial no Estado de Santa Catarina. Como veremos, importantes fontes de dados (PNAD e POF) possuem escassa cobertura territorial em Santa Catarina, prejudicando importantes análises e políticas públicas no Estado. O artigo pretende, com isto, contribuir à formação de uma agenda de pesquisa demográfica no Estado.


Palavras-chave


Brasil, Dados demográficos; Fontes oficiais.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Rev. NECAT, ISSN 2317-8523, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.