Rio + 20: um exercício do possível

Ricardo Sugai de Castro Andrade

Resumo


O resultado da Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável (CNUDS), a chamada Rio+20, recebeu reações ambíguas. Maior encontro intergovernamental já ocorrido até o momento, a conferência foi vítima tanto das expectativas dos temas abordados quanto dos constrangimentos decorrentes do contexto de crise internacional. Não é inesperado que ela tenha, desta forma, desapontado parte dos negociadores e da sociedade civil. De fato, os impasses foram numerosos e os compromissos acordados foram de modesta ambição. Entendemos, entretanto, que seria tarefa impraticável cumprir com o largo espectro de vontades relativas à conferência. À luz deste entendimento, torna-se imperioso analisar as razões pelas quais, como se verá, a CNUDS não foi um fracasso, mas, sim, um sucesso em meio a circunstâncias adversas.

Palavras-chave


Desenvolvimento Sustentável; Rio + 20; Crise Internacional.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Rev. NECAT, ISSN 2317-8523, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.