Linguagens de Síntese Visual em Processo de DNA: Estudo de casos de marcas de moda praia em Portugal

Fernando Jorge Matias Sanches Oliveira, Juliana Lima Mendonça

Resumo


O presente artigo objetiva uma reflexão sobre os processos de simplificação da análise da identidade visual de marcas, por meio da aplicação de linguagens de síntese visual na compreensão desses sistemas. Pragmaticamente, o estudo foi aplicado ao mercado da moda praia em Portugal no intuito de diagnosticar as suas tendências e analisar a ligação entre a personalidade/DNA da marca e o sistema visual de quatro casos. Os resultados permitiram constatar que as linguagens de síntese visual aplicadas aos estudo da linguagem visual de uma determinada marca podem permitir ter um maior controle sobre esse universo visual, bem como sobre a implementação do seu DNA.

Palavras-chave


DNA de Marcas; Moda de Praia; Linguagem de Síntese Visual.

Texto completo:

PDF/A

Referências


CANTÊ. C2015. Disponível em:.Acesso em: set. 2015.

CARVALHAL, André. A moda imita a vida: como construir uma marca de moda. São Paulo: Estação das Letras e Cores, Rio de Janeiro: Ed. Senac Rio de Janeiro, 2014.

COSTA, Joan. La esquemática: visualizar la información. Madrid: Paidós Ibérica, 1998.

COBRA, Marcos. Marketing de serviço financeiro. 3a ed. São Paulo: Cobra, 2007.

MARTINS, José Roberto. Grandes Marcas, Grandes Negócios. Como as pequenas e médias empresas devem criar e gerenciar uma marca vencedora. 2a ed. São Paulo: Global Brands, 2005.

MARTINS, José Roberto. Branding: Um manual para você criair, gerenciar e avaliar marcas. 3a ed. São Paulo: Global Brands, 2006.

OLINS, Wolff. The new guide to identity: How to create and sustain change through managing identity. London: Gower Publishing, 1995.

LATITID. C2015. Disponível em:< https://www.latitid.com>.Acesso em: out. 2015.

LUPTON, Ellen; PHILLIPS, Jeniffer Cole. Graphic Design: the new basics. New York: Princeton Architectural Press, 2008.

LUPTON, Ellen; PHILLIPS, Jeniffer Cole. Graphic Design Thinking: beyond brainstorming. New York: Princeton Architectural Press, 2011.

OLIVEIRA, Fernando. Diagramas & Marcas: contributos sobre a utilização de diagramas na construção e análise do discurso visual das marcas. Lisboa: FA/UL, 2015.

PAPUA. C2015. Disponível em: . Acesso em: out. 2015.

RAPOSO, Daniel. Design de Identidade e Imagem Corporativa: Branding, história da marca, gestão da marca, identidade visual corporativa. Castelo Branco: Edições IPCB, 2008.

TUFTE, Edward R. Beautiful Evidence. Connecticut: Graphics Press, 2007

TUFTE, Edward R, The visual display of quantitative information. 2a ed. Connecticut: Graphics Press LLC, 2009.

TUFTE, Edward R. Visual explanations: images and quantities, evidence and narrative. Connecticut: Graphics Press, 2010.

RUÃO, Teresa. FARHANGMER, Minoo. A imagem de marca: análise das funções de representação e apelo no marketing das marcas, um estudo de caso. In: I Seminário de Marketing Estratégico e Planeamento. Actas... Portugal: Escola de Economia e Gestão, Universidade do Minho. 2000. pp. 1-11.

VOKE. C2015. Disponível em: . Acesso em: out. 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.