Política pública de apoio ao artesanato como alternativa de geração de renda: integração entre bordadeiras e empresas de moda

Silvia Sasaoka, Olimpio José Pinheiro

Resumo


Este estudo trata de política de incentivo ao artesanato como alternativa de geração de renda de dois grupos de bordadeiras com pedraria no bairro do Itaim Paulista, na zona leste de São Paulo. Este artigo reflete sobre a viabilidade e a consolidação de estratégias a partir da criação de uma rede de apoio e intercâmbio entre confecções, estudantes e profissionais de design e moda. Constata-se que os métodos sistemáticos aqui apresentados exigem uma abordagem interdisciplinar como estratégia basilar de trabalho a fim de enfrentar os desafios da realidade social e econômica dos grupos envolvidos na câmara de animação econômica.


Palavras-chave


Moda; Artesanato; Políticas públicas.

Texto completo:

PDF/A

Referências


BONSIEPE, G. Design como prática de projeto. São Paulo: Blucher, 2012.

BRASIL. INMETRO (Org.). O Inmetro e os arranjos produtivos locais [s.d.]. Disponível em http://www.inmetro.gov.br/apls/apresentacao.asp. Acesso em 01/06/2015.

DORT, A.; SASAOKA, S. Desenho e implantação de projeto piloto de arranjos produtivos locais e suas oportunidades de geração de ocupação e renda. Carta Acordo 407-1564 – PNUF – SMTRAB – FESPSP. Diário Oficial, São Paulo, p. 192-197, 05 de novembro de 2011.

EGUCHI, H. C.; PINHEIRO, O. J. Design versus artesanato. Anais do 8º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design, 2008. Disponível em www.maxwell.vrac.puc-rio.br/17390/17390.pdf. Acesso em 15/06/2015.

KELLER, P. F. Capitalismo global e novas formas de organização na cadeia têxtil-confecção: uma revisão bibliográfica. Enfoques, Rio de Janeiro, v. 1, n. 1, p. 46-117, 2002.

LASTRES, H. M. M.; CASSIOLATO, J. E. Novas Políticas na Era do Conhecimento: o foco em arranjos produtivos e inovativos locais. Revista Parcerias Estratégicas, 2003. Disponível em http://www.ie.ufrj.br/redesist/Artigos/LasCasParcerias.pdf. Acesso em 10/06/2015.

LOSCHIAVO DOS SANTOS, M. C. Reflexões sobre design e humanismo no mundo contemporâneo. Cadernos de Estudos Avançados em Design, Barbacena, v. 7. 2013.

MATURANA, H. R.; DAVILA Y.; PAZ, X. Ética e desenvolvimento sustentável: caminhos para a construção de uma nova sociedade. Psicol. Soc., v. 16, n. 3, p. 102-110, 2004. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822004000300013&lng=en&nrm=

iso. Acesso em 04/06/2015.

MOURA, M. Interdisciplinaridades no Design Contemporâneo. In: Menezes, Marizilda; Paschoarelli, Luís Carlos; Moura, Mônica. (Org.). Metodologias em Design: Inter-Relações. 1ed. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2011, v. 1, p. 274-290

SILVA, R. A. R. da; ALMEIDA, M. C. de. Terceirização e quarteirização: indicativos estratégicos para implementação. In: Encontro Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração – ENANPAD, Rio Das Pedras, 1997.

WECHSLER, S. M. Criatividade: descobrindo e encorajando. Campinas: Editora Psy, 1993.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.