Aplicação de rotatividade de função em uma célula de confecção geradora de lesões por esforço repetitivo: estudo de caso

Iran Cosme, Rebecca Pires, Marcella Brito Galvão, Denise Dumke de Medeiros

Resumo


As crescentes exigências incorporados nos processos produtivos, oriundos das demandas de mercado, que tem o seu foco ligado no resultado e na lucratividade, vem promovendo nas empresas uma releitura das suas práticas organizacionais, que vão além da produtividade como foco principal e exclusivo. Nesse contexto, a Coteminas S.A. vem adotando ao longo do seu processo produtivo, ações e medidas ergonomicamente adequadas, visando eliminar em determinados processos as patologias denominadas genericamente como Lesões por Esforços Repetitivos/Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (LER/DORTS), este tipo de patologia apresentam sinais e sintomas de inflamações dos músculos, tendões, nervos dos membros superiores, cintura e pescoço, entre outros e têm chamado a atenção não só pelo aumento de sua incidência no Brasil mas por também existirem evidências de sua associação com o ritmo de trabalho. Embora essa discussão ainda possa ser considerada controvertida, devido a subjetividade existente no que se refere a avaliação da dor, no entanto resultados positivos foram observados com aplicação da rotatividade de funções.

Palavras-chave


LER/DORTS; Ergonomia; Processo Produtivo.

Texto completo:

PDF/A


e-ISSN 2175-8018


Creative Commons License
IJIE - Iberoamerican Journal of Industrial Engineering foi licenciada sob uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.


Iberoamerican Journal of Industrial Engineering. Universidade Federal de Santa Catarina. Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas. Florianópolis, SC, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial do IJIE, encaminhe um e-mail para periodico.ijie@gmail.com ou ijie@contato.ufsc.br